14 de abril de 2014

Suspeito de matar a ex-namorada grávida em Praia Grande, SP, é preso em Biritinga

Caso foi registrado na delegacia sede de Praia Grande, SP (Foto: João Paulo de Castro / G1)Caso foi registrado na Delegacia Sede de Praia
Grande, SP (Foto: João Paulo de Castro/G1)
Um homem suspeito de matar a ex-namorada em Praia Grande, no litoral de São Paulo, foi preso nesta semana na cidade de Biritinga, na Bahia, e trazido para a Baixada Santista nesta quarta-feira (9).
Jamilton de Jesus Soares, de 28 anos, é suspeito de asfixiar Rosigleide Soares do Santos, sua ex-namorada, que estava grávida, em dezembro de 2013. O crime ocorreu na Rodovia Padre Manoel da Nobrega, no trecho próximo ao bairro Vila Mirim.
Após o crime, foram levantadas suspeitas que a motivação seria o fim do relacionamento entre o casal. A polícia chegou a ser acionada, mas não conseguiu localizar o suspeito no dia do ocorrido. O caso foi registrado na Delegacia Sede da cidade. G1

Mulher ateia fogo no próprio corpo em Irecê

Mulher ateia fogo no próprio corpo em Irecê
Foto: Irecê Repórter
Uma mulher ateou fogo ao próprio corpo na tarde deste domingo (13), em Irecê, no centro-norte baiano. Silvandira Marques da Silva, 49 anos, estava na porta de sua casa, no bairro Novo Horizonte, quando cometeu o ato. Ela derramou um produto inflamável sobre si mesma e tocou fogo com um isqueiro. De acordo com o Irecê Repórter, vizinhos perceberam a mulher se agonizando e conseguiram conter as chamas com baldes de água e extintor de incêndio. Silvandira foi socorrida por uma ambulância do Samu e levada para o Hospital Regional, onde encontra-se internada sob avaliação médica. O motivo que Silvandira a tentar tirar a própria vida ainda não foi esclarecido.

Homem é morto a facadas e pauladas no Vista Alegre, em Serrinha

A polícia registrou mais um homicídio na cidade de Serrinha. Desta vez no Conjunto Residencial Vista Alegre, na região do bairro Novo Horizonte, onde um homem identificado como Renaldo Carmo dos Santos, de 22 anos, foi morto com golpes de faca e pauladas por volta das 15h.

Moradores do local não quiseram comentar o assunto, mas segundo informações colhidas pelo Portal Clériston Silva – PCS - o homem foi perseguido por três homens não identificados e morto na Quadra I com dois golpes de faca no peito e pauladas na cabeça.

A Polícia Civil esteve no local e iniciou as investigações para descobrir a autoria e a motivação do crime. Com base nas informações levantadas no local, o delegado Hidelbrando Alves, titular da Delegacia Territorial (DT) de Serrinha, informou que a polícia trabalha com a suspeita de que um desentendimento entre a vítima e a sua companheira teria motivado a discussão com os suspeitos, que resultou no homicídio. Familiares da vítima serão ouvidos.

Após o crime, os suspeitos fugiram do local e diligências estão sendo feitas para a captura dos três. O Departamento de Polícia Técnica (DPT) fez a perícia no local e encaminhou o corpo para o DPT de Feira de Santana.

Renaldo morava no mesmo bairro onde foi morto e era carregador de caminhão. 

Crime aconteceu no Residencial Vista Alegre, por volta das 15h
Renaldo dos Santos foi morto com golpes de faca e pauladas na cabeça
A faca usada no crime foi deixada no local
Vítima foi perseguida por três homens não identificados

É Campeão! Bahia fatura o título baiano com empate no segundo BaVi da final

Domingo, 13 de abril de 2014. Dia em que o Campeonato Baiano foi decidido no estádio de Pituaçu: o dia em que o Bahia empatou com o Rubro-Negro na casa provisória do rival e levantou seu 45º troféu de campeão estadual. Dia em que os 10% da arquibancada destinados à torcida tricolor calaram os 90% que deveriam ser ocupados por rubro-negros.


Mas se é um dia para ser lembrado por uns, precisa ser esquecido por outros. Lembrado pelo futebol, esquecido pela violência dentro e fora do estádio. Num dia de sol da capital baiana, o que se viu, além do demonstrado em campo em Pituaçu, foi uma série de agressões entre torcedores de Bahia e Vitória – e entre os próprios apaixonados pelo Rubro-Negro. Desde a manhã, a cidade que respirava o Ba-Vi assistiu a ataques supostamente motivados pelo clássico. Torcedores internados, outros presos, PM em ação nos arredores do estádio. Bombas de gás, correria e confusão. Nas arquibancadas, durante o jogo, conflitos incessantes. Dia em que futebol ganhou e perdeu.

Em campo, jogo igualmente tenso. Do primeiro ao último minuto, encaradas, empurrões, faltas e até algumas discussões. Oito cartões amarelos, pênalti e um cartão vermelho. Todos os elementos comuns a um clássico estiveram presentes no estádio de Pituaçu. Mas o Bahia fez seu resultado ainda no primeiro tempo. Equilibrado, o Tricolor soube atacar e defender e desceu para o vestiário com dois gols marcados: Fahel e Lincoln.

No segundo tempo, o Vitória ressurgiu e mostrou garra. Ofensivo e ansioso, o Rubro-Negro teve gols marcados por Juan e Ayrton. O resultado, no entanto, não foi o suficiente para anular a vantagem que o Bahia tinha por ter vencido o primeiro clássico por 2 a 0 na Fonte Nova.

Bahia abre 2 a 0, e torcida do Vitória deixa estádio antes dos 45'

A partida começou com equilíbrio e ares de que o título seria decidido nos últimos minutos. Clima tenso dentro e fora de campo: confusões nas arquibancadas e inúmeras faltas nas quatro linhas. O Vitória iniciou o duelo botando pressão: a ideia inicial era mostrar poder ofensivo e tentar sufocar os contra-ataques do Bahia. No entanto, o espírito de partir para cima não durou muito tempo. Aos 19 minutos, veio o banho de água fria: em uma cobrança de falta, Talisca mandou a bola na área, Neto Coruja vacilou na marcação e Fahel cabeceou para o fundo da meta defendida pelo goleiro Wilson.

Como de costume, o Leão sentiu o baque, sob os gritos de ‘Ah, é Lepo Lepo’ que vinham do setor destinado à torcida visitante. Em uma partida nervosa, o Bahia conseguiu equilíbrio para chegar ao ataque sem desguarnecer a defesa. Com uma forte marcação atrás da linha do meio de campo, o Tricolor dificultou as ações ofensivas do rival. No ataque, Rhayner quase fez o segundo gol aos 38 minutos, mas compensou quatro minutos depois, com um belo lançamento para Lincoln, que não perdeu a oportunidade. A torcida do Vitória deixava o estádio antes mesmo do término do primeiro tempo.

Leão reage e corre atrás, mas empate sacramenta título tricolor

Na segunda etapa, o Vitória voltou com mais vontade. Apesar de estar atrás no placar, o Rubro-Negro não jogou a toalha e tentou tirar o atraso. Com William Henrique em campo, no lugar de Souza, o Leão ganhou mais mobilidade e conseguiu diminuir a vantagem tricolor. De pênalti, Juan fez o gol rubro-negro aos 13 minutos.

O Vitória tinha pressa e corria atrás do resultado – mesmo com um jogador a menos, depois que Matheus Salustiano foi expulso por ter levado o segundo amarelo. Pressionado, o Bahia preocupava-se em se defender das investidas do rival. Lomba salvou aos 27, mas não conseguiu repetir o feito aos 28. Em uma falha da defesa tricolor, Ayrton tabelou com William Henrique e marcou um golaço. Preciosista, o Bahia teve algumas chances de marcar o terceiro, mas desperdiçou. Luiz Gustavo ainda salvou o Leão em um chute de Talisca no fim da partida. Ainda assim, o empate marcado no placar eletrônico era o suficiente para a felicidade geral da nação tricolor.

8 de abril de 2014

Pelé diz que morte na Arena Corinthians é normal e se preocupa com aeroportos

DO IG ESPORTES
A morte do operário Fabio Hamilton da Cruz em serviço na construção da Arena Corinthians, no último dia 29 de março foi algo normal. Essa é a opinião de Pelé. O maior jogador de todos os tempos disse nesta segunda-feira que acidentes acontecem, e que a realização da Copa do Mundo não está comprometida. Sua maior preocupação está na organização, em especial na situação dos aeroportos brasileiros. 
Djalma Vassão/Gazeta Press
Pelé participou de evento em São Paulo nesta segunda-feira (07/04/2014)

"Isso que aconteceu no Itaquerão é normal, são coisas da vida. Foi um acidente, coisa normal, nada que assuste (para a realização da Copa)", disse Pelé durante evento em São Paulo em que lançou uma linha de diamantes fabricados a partir dos seus fios de cabelo. Além do operário morto há 10 dias, outros dois morreram no palco de abertura da Copa em novembro de 2013 durante o trabalho. 

Pelé acabou de voltar ao Brasil depois de uma série de visitas a países que receberam a taça da Copa do Mundo. No retorno, o ex-jogador, tricampeão do mundo com a seleção brasileira, disse estar preocupado com a imagem que os turistas vão ter do País desde a chegada aos aeroportos. 

"Fui para Russia, China, Europa, e todo mundo diz que quer ver a Copa. Mas chegamos anteontem de viagem e estava o caos no aeroporto faltando dois meses para a Copa. Esta é a minha preocupação: que a gente estrague essa oportunidade. Temos a oportunidade de crescer mas as coisas não estão prontas", disse Pelé, que aposta no "jeitinho brasileiro", para que tudo ocorra bem no final. "A gente dá um jeitinho", disse.

Cantor morre em confronto com a polícia no interior da Bahia

Cantor morre em confronto com a polícia no interior da Bahia
O cantor Igor Félix Neves, 19 anos, que fazia parte da Banda dos Vaqueiros, morreu com tiros na cabeça ao reagir a uma abordagem policial na cidade de Irecê, por volta das 00h20 da madrugada deste domingo (6). Informações da polícia dão conta de que houve perseguição e troca de tiros. BN

Piritiba: Homem é assaltado e acorrentado pelo pescoço em árvore

Um mototaxista de 42 anos foi assaltado e acorrentado pelo pescoço em uma árvore no município de Piritiba, localizado a 220 quilômetros de Serrinha. O crime ocorreu na manhã de sexta-feira (4), por volta das 9h, e até o final da manhã desta segunda (7), o homem responsável pelo crime ainda não foi encontrado pela polícia local.

De acordo com a delegacia do município, a vítima relatou em depoimento que um homem loiro, que aparentava ter 30 anos, solicitou uma corrida para um povoado conhecido como Sumaré, a cerca de quatro quilômetros de Piritiba. Ao se aproximar da localidade, ele relatou que o passageiro deixou uma camiseta cair e pediu para descer do veículo para pegar a roupa.

Conforme a polícia, a vítima relata que, neste momento, o passageiro sacou um revólver e apontou para o condutor da moto. Durante a ação, o mototaxista foi acorrentado pelo pescoço em uma árvore, sendo encontrado horas depois por agentes da guarda municipal. Os profissionais utilizaram martelos para destruir as correntes.

De acordo com polícia, a vítima prestou depoimento na manhã do mesmo dia, na delegacia local. Por meio de informações sobre as características da vítima, a polícia acredita que o homem, que levou a moto, não seja morador da região.

Vítima é mototaxista; ele foi assaltado por passageiro na sexta-feira (4)

Serrinha: Bandidos expulsam beneficiados do 'Minha Casa, Minha Vida' de imóveis, diz Fantástico


A reportagem especial deste domingo (6) é uma denúncia de violência e fraude em conjuntos residenciais do programa 'Minha Casa, Minha Vida', uma iniciativa que já beneficiou mais de 1,5 milhão de famílias brasileiras. Estão envolvidos traficantes, milicianos e até agentes públicos.

“Chegou uma quadrilha de traficante lá e disse: ‘essa casa aqui é nossa, perdeu’”, conta um morador.

“Quarenta e oito hora para sair de dentro de casa”, relata outro. Essas pessoas foram beneficiadas pelo programa 'Minha Casa, Minha Vida' e agora não têm onde morar. “Eu vi morador sendo expulso e vi morador sendo morto”, diz uma testemunha.

São vítimas do crime organizado. Bandidos estão destruindo o sonho da casa própria de muita gente pelo Brasil afora.

Uma família de Salvador, na Bahia, continua aparecendo nas estatísticas oficiais como beneficiada pelo programa ‘Minha Casa, Minha Vida’, embora o único teto que tenha hoje seja o de uma ponte. A família diz que foi expulsa de um condomínio em Serrinha, no interior do estado, por traficantes.

“Chegou uma quadrilha de traficante e disse: ‘essa casa aqui é nossa, perdeu’. Venderam para outras pessoas e nós passando por essa vida difícil assim na rua”, conta a ex-moradora.

Em nota, a Prefeitura de Serrinha afirma que desconhece organizações criminosas que expulsam moradores. PCS Click aqui e veja a matéria completa.