.

.

.

.

.

.

.

.

3 de agosto de 2015

Biritinga: Posto Central será inaugurado nesta quarta-feira (05)

O Posto Central será inaugurado nesta quarta-feira (05), na BA 233, em Biritinga. O empreendimento faz parte do Grupo Central. Ângelo e sua esposa Clécia, também contam com um Supermercado na Praça 23 de Abril, em Biritinga.








Fotos: Rodrigo Silva


INAUGURAÇÃO DO POSTO CENTRAL 

DIA: 05 DE AGOSTO 2015
LOTEAMENTO SEVERO 1, FAZ. MANGA
BA-233 // BIRITINGA - BAHIA 

1 de agosto de 2015

Homem de 61 anos é morto a tiros na zona rural de Biritinga

O agricultor Antônio Ferreira, de 61 anos, foi morto a tiros na comunidade rural de Bebedouro, em Biritinga, município localizado a 24 quilômetros de Serrinha.

Um dos disparos atingiu o rosto da vítima. O crime teria ocorrido durante a noite de sexta-feira, 31, mas o corpo do idoso foi encontrado por volta das 7h deste sábado, 1º.

Segundo as informações da Polícia Militar, o homem foi encontrado morto na frente da casa onde morava. Ainda de acordo com a PM, ‘Toeba’, como era conhecido o agricultor, foi visto pela última vez por volta das 20h de sexta-feira, 31, saindo da casa de um vereador da localidade.

A Polícia Militar está fazendo diligências na região para localizar o autor do crime. Qualquer informação pode ser passada pelo telefone (75) 9175-8990.

O corpo foi encaminhado para o Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Feira de Santana.

Portal do Cleriston Silva

Vítima foi morta na comunidade de Bebedouro, em Biritinga

Politicagem é o principal entrave no desenvolvimento de Biritinga


Existe uma Biritinga que quer crescer, e um sistema político que impede isso. Existem potencialidades que precisam de apoio e atenção, e politiqueiros sem nenhum compromisso. Como crescer em terrenos áridos, sem adubos, sem cuidado?! Ou muda o sistema político municipal, ou seremos condenados a um futuro de incertezas. Tem muitas coisas inaceitáveis aqui, e não devemos fechar os olhos para elas. 

Biritinga é uma cidade com riquezas naturais, como a água, o petróleo, mas, que contrasta com uma realidade miserável. Todos os anos eleitorais, aparecem novas promessas, de velhos políticos. Dos 'Profissionais da Política' que sobrevivem de política e de verba pública. Toda essa politicagem é fruto da omissão popular em assuntos políticos do nosso município. Ou seja, o povo que não participa, que não vai a Câmara, não procura saber quanto o município recebe, e como esse dinheiro é usado, torna-se cúmplice de um sistema que nos leva ao atraso político e retrocesso social. 

É preciso que todos os políticos de Biritinga, se conscientizem de que não basta mais, apenas ganhar uma eleição. É preciso que se tenha competência para fazer as transformações que o município demanda. Pensar em estratégias de desenvolvimento, e não somente usar a máquina pública como instrumento para distribuir cargos para amigos e correligionários. Estamos cansados desse modelo de fazer política!

Nossa cidade demanda medidas urgentes de desenvolvimento econômico e social. Aliás, desenvolvimento é uma palavra que precisa sair do slogan e tornar-se realidade. Até porque, essa palavra significa crescimento, evolução, e dificilmente isso será possível, com as formas de governo que a gente observa atualmente. 

Pensar diferente é enxergar Biritinga como uma potência. Isso só é impossível na mente dos nossos ‘novos velhos políticos’, que se preocupam apenas com seus interesses pessoais. O diferente é apoiar os mercados produtivos com foco no desenvolvimento econômico municipal, apoio aos micro e pequenos empreendedores, aos agricultores familiares, que sustentam a base econômica do município, a juventude, e diversas outras formas. 
É preciso mudar o rumo que nossa cidade está tomando!
Renilson Silva - Blog Biritinga Informa
 
 


Prefeito de Biritinga não pagou a contra-partida do Garantia Safra, e agricultores ficaram sem receber mais de R$ 500 mil, diz Vereador Jorge do Portal

O vereador Jorge do Portal publicou em sua página do Facebook, a informação sobre o Garantia-Safra 2013/2014, e o motivo pelo qual os agricultores de Biritinga não receberam. 

Veja: 
Prefeito Gilmário Oliveira (Gil de Gode), preferiu perder mais de Meio Milhão de Reais, não pagando a Contra Partida do GARANTIA SAFRA 2013/2014 que era um pouco mais de 21 mil reais parcelados em 6 vezes. O Pequeno Agricultor pagou o BOLETO, mas não foi suficiente para sensibilizar o Prefeito Gil de Gode, hoje, município como LAMARÃO, SERRINHA, ÁGUA FRIA, ARACI, BARROCAS, ICHU, SÁTIRO DIAS, TEOFILÂNDIA, CANDEAL estão recebendo e BIRITINGA com os olhos fechados... A Agricultura Familiar em LUTO no Município de Biritinga-Ba, os pequenos agricultores ficam de fora do GARANTIA SAFRA 2013/2014. Diversos agricultores pagaram o Boleto do Seguro, ratificando seu desejo em receber, no entanto, o Prefeito Gilmário não honrou sua parte e não pagou a contra partida que era de R$21.674,28, que foi parcelado para 15/6/2014 R$ 3.612,38 ||15/7/2014 R$ 3.612,38 ||15/8/2014 R$ 3.612,38 ||15/9/2014 R$ 3.612,38 || 15/10/2014 R$ 3.612,38 || 15/11/2014 R$ 3.612,38.

31 de julho de 2015

Câmara de Vereadores de Biritinga publica Regimento Interno


A Câmara de Vereadores de Biritinga publicou nesta quinta-feira (30), o Regimento Interno, através do Diário Oficial dos Estados e Municípios (DOEM). O arquivo é em formato PDF, e pode ser baixado pelos cidadãos biritinguenses. 

Regimento interno é um conjunto de regras estabelecidas por um grupo para regulamentar o seu funcionamento. Podendo ser usado em diversas atividades, nos mais variados campos, seja do Poder Público, seja na iniciativa privada, tem uma importância bastante destacada nos tribunais.

Seria importante se o legislativo Municipal publicasse a LEI ORGÂNICA DE BIRITINGA, onde se institui as regras legais de nosso município. 



30 de julho de 2015

Religiosidade do povo biritinguense

Fiéis Católicos de Biritinga (19**)
O sertanejo é, antes de tudo, um forte. - Euclides da Cunha
Biritinga teve sua emancipação política em 1962, porém, antes de tornar-se uma cidade, existia um pequeno vilarejo, com nome de Manga.
Durante o ano de 1918, uma grave epidemia da chamada ‘Peste Bubônica’ atingiu muitas pessoas da velha Manga, gerando mortes e dores ao povo já tão sofrido pela labuta do dia-a-dia. Relatos contam que, os senhores Luiz Arara, Cirilo e Cesário rogaram ao Mártir São Sebastião, e lhes fizeram uma promessa: ‘Que se todo aquele sofrer acabasse, se realizaria todos os anos, em 20 de Janeiro, uma festa em gratidão’. Desde então, com a benção concedida, os fiéis católicos festejam todos os anos, a novena, o acompanhamento para a Fazenda Tapera, e os festejos pagãos, como a tradicional ‘Biritinga Folia’.
A expressão da religiosidade do povo sertanejo e todo seu contexto cultural e místico, realça duas características típicas desse povo: a dor e fé. O trabalhador sertanejo nasce aprendendo o triste ofício de dor e sofrimento que as circunstancias locais lhe impõe. Contra isso, cria-se uma antídoto natural para amenizar toda sua dor e sofrimento, que é a Fé.
Edição: Blog Biritinga Informa - Renilson Silva
Informações: Saga de Biritinga - Antonio Anílson R. da Silva

Fotografia Histórica!
(Quem tiver os créditos dessa foto, por favor, nos informe)

Baiano de Araci desenvolve aplicativo para mototaxistas e usuários do Brasil

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
O baiano da cidade de Araci, Mateus Carvalho, que é programador do site A Voz do Campo, desenvolveu um aplicativo chamado ‘Motaxis” e no mês de junho lançou a novidade na cidade de Feira de Santana por ser o município com a maior frota de mototaxistas regularizados da Bahia. São 500 profissionais. Segundo Mateus, o Motaxis é um app disponível para Smartphones Android, que conecta passageiros a mototaxistas de forma prática e segura. Conforme ele, 120 passageiros já instalaram o app e 70 fizeram o cadastro. O estudante de publicidade e propaganda da Faculdade Anísio Teixeira (FAT), Vínicius Lima utiliza mototáxis para quase tudo, como ir de casa para a faculdade ou da faculdade para o trabalho. “Para mim o aplicativo está sendo bastante útil. Não preciso mais ficar indo para o meio da rua ver se encontro algum mototáxi disponível, no conforto de casa, abro o aplicativo e peço uma moto, é bem simples e prático”, explica o estudante feirense ao Tribuna de Feira. O serviço só será disponibilizado em cidades que o serviço de mototáxi  é regularizado pela prefeitura, e o mototaxista que queira se beneficiar com o aplicativo deve estar em dia com sua documentação no órgão controlador ,sendo essa uma maneira de banir a clandestinidade e dar mais segurança ao passageiro. Atualmente o aplicativo está funcionando em duas cidades: Feira de Santana (BA) e Manaus (AM). As próximas cidades candidatas a trabalhar com o Motaxis é Cruz das Almas e Alagoinhas.
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
História
Mateus nasceu em Araci, mas já reside há 5 anos na capital baiana, cursa o último semestre do curso de Análise e Desenvolvimento de Sistemas no IFBA (Instituto Federal da Bahia), já estagiou em algumas agências digitais de desenvolvimento de aplicativos, em fevereiro esteve em São Paulo participando de um concurso para aplicativos promovido pelo Instituto Embratel Claro, onde  participou durante uma semana de palestras sobre startups, investimentos, desenvolvimento entre outras coisas, aproveitou para apresentar o protótipo de aplicativo que estava concorrendo para a área de festas, baladas e shows. Uma das palestras do evento, era com um dos fundadores da 99Táxis, Renato Freitas, nela veio a ideia de aplicar o mesmo conceito de aplicativos para Táxis, só que para um serviço similar, o Mototaxi, que é algo bastante utilizado nas regiões  Norte e  Nordeste, principalmente no interior. Qualquer empreendedor que queira ser um embaixador da Motaxis em sua cidade, basta entrar no site: http://www.motaxis.com e mandar uma mensagem. Maiores esclarecimentos na página do Facebook: https://www.facebook.com/motaxisbr
Fonte: http://www.avozdocampo.com/

28 de julho de 2015

FACULDADE EDUCACIONAL DA LAPA (FAEL) LANÇA UNIDADE COM PÓS GRADUAÇÃO EM BIRITINGA INSCRIÇÕES ABERTAS

Na última segunda-feira à noite (27) ocorreu no Sindicato dos Servidores Público uma reunião explicativa sobre a Faculdade Educacional da Lapa- FAEL, onde o representante da Faculdade Ednilson Batista socializou as informações, tirou dúvidas dos presentes e assim ficou acordado da seguinte maneira:
Segundo o blog Biritinga em Pauta, os Cursos: Ciências Contábeis, Administração, Pedagogia, Matemática, Letras Língua Portuguesa com Espanhol, Gestão Pública, Gestão em Recursos Humanos, Gestão Ambiental, etc.
Inscrições abertas até: o dia 06/8- Procurar Professora Arlete Brito- (75) 9189-4728.Vestibular dia: 07/08-  Local: Sindicato dos Servidores Público- Direção Ana Neide Barbosa.
Bahia em Foco

Contribuição sindical passa a ter publicação transparente

Ministério do Trabalho e Emprego terá que disponibilizar, em até 30 dias, informações relativas à contribuição sindical obrigatória recolhida para sindicatos patronais e de trabalhadores. A ação ocorre após decisão da Controladoria-Geral da União com base na Lei n.º 5.452/1943, da Consolidação das Leis do Trabalho – CLT.
O pedido, que originou a ordem da CGU, foi feito via Lei de Acesso à Informação por um cidadão, após solicitar, sem sucesso, ao MTE e à Caixa Econômica Federal dados com o total da receita anual recebida por cada entidade sindical brasileira, entre os anos de 2009 e 2013.
O Ministério informou inicialmente que possuía apenas a informação com os valores totais arrecadados pelas centrais sindicais e o valor total arrecadado com a contribuição sindical, sem discriminar os montantes recebidos por cada entidade. Já a CAIXA entendia as informações como não de sua titularidade, funcionando apenas como órgão arrecadador e repassador de recursos às entidades sindicais e ao MTE, protegidas por sigilos bancário e fiscal, o que inviabilizaria a sua entrega ao cidadão.
A Controladoria solicitou informações adicionais sobre a questão junto ao Ministério e ao banco, e, com base nelas, concluiu que a contribuição sindical é tributo federal e que a movimentação financeira, assim como qualquer tributo, é feita por meio de contas mantidas junto às instituições bancárias, sem que isso implique necessariamente em sigilo bancário ou fiscal.
A partir destas ações foi possível atender ao pedido do cidadão - com entrega das informações solicitadas do dia 05 de Junho de 2015 - e acatar outros duas solicitações de acesso à informação, dessa vez sobre o total anual arrecadado como contribuição sindical obrigatória, recolhida para sindicatos patronais e de trabalhadores, respectivamente, entre os anos de 2003 e 2014.  A Controladoria entende que o MTE tem o dever de preservar a informação desejada pelo cidadão.
A Lei de Acesso à Informação reconhece expressamente a publicidade da utilização de recursos públicos e a necessidade de divulgação de quaisquer repasses ou transferências de recursos financeiros. Dessa maneira, a CGU entende a arrecadação também é pública.
LAI
A Lei de Acesso à Informação tem o objetivo de garantir aos cidadãos brasileiros acesso aos dados oficiais do Executivo, Legislativo e Judiciário.  A lei regulamenta o acesso a dados do governo, tanto pela imprensa quanto pelos cidadãos, e determina o fim do sigilo eterno de documentos oficiais. O prazo máximo de sigilo foi limitado a 25 anos para documentos ultrassecretos, a 15 anos para os secretos e a cinco para os reservados. Os documentos ultrassecretos poderão ter o prazo de sigilo renovado apenas uma vez. 
Fonte: http://www.cgu.gov.br/noticias/2015/07/cidadaos-usam-lei-de-acesso-para-obter-receita-de-sindicatos-com-contribuicao-obrigatoria